Dirceu lembra derrota de FHC ao comentar vantagem tucana

Em viagem para ajudar candidatos petistas no interior de São Paulo, o ministro da Casa Civil, José Dirceu, lembrou nesse domingo a derrota do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para Jânio Quadros na eleições de 1985 para minimizar o resultado da pesquisa Datafolha que aponta vantagem de José Serra sobre Marta Suplicy na campanha paulistana. "O Fernando Henrique sentou na cadeira do Jânio antes da hora e perdeu a eleição para o Jânio. Eu acho que, de novo, estão cometendo o mesmo erro. Estão cantando vitória antes da hora da eleição. Nós vamos trabalhar para ganhar a eleição", afirmou. "Vamos lembrar que o PT já venceu duas eleições na capital e foi duas vezes para o segundo turno. O PSDB perdeu com o Fernando Henrique Cardoso, perdeu com o José Serra, perdeu com Geraldo Alckmin e perdeu com meu amigo Aloyzio Nunes Ferreira. Então, vamos devagar com o andor que o santo é de barro", provocou. Dirceu afirmou que o PT tem condições de virar o jogo em cidades estratégicas do interior de São Paulo, onde seus candidatos estão mal colocados em pesquisas de intenção de votos. De acordo com ele, a legenda tem condições de ir a segundo turno nas cidades de Piracicaba, Ribeirão Preto e Campinas, governadas pelo partido, mas nas quais o PT não tem alcançado bons resultados em pesquisas. "Temos condições de ir para o segundo turno e vencer as eleições nas três cidades".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.