Dirceu faz campanha para candidatos do PT

O ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, iniciou por Ituverava, cidade de 40 mil habitantes e 28 mil eleitores na região de Ribeirão Preto, sua peregrinação pedindo votos para os candidatos do PT nas próximas eleições. Com duas horas de atraso, ele enfrentou um calor de 38 graus e umidade relativa do ar de 10%. Fez uma carreata e um comício para pouco mais de 500 pessoas no centro da cidade, às 12h.Em seu discurso, agradeceu os quase 4 mil votos obtidos na cidade para deputado federal e comentou muito sobre a melhoria do sistema de saneamento básico do município. "Ituverava, com o PT no governo, vai ter uma qualidade de vida muito melhor", disse ele, afirmando que "em 20 meses de governo, Lula conseguiu, em termos de saneamento, mais do que foi feito no Brasil nos últimos 20 anos".Ele defendeu uma melhoria da escola pública, com a instalação de mais cursos Técnicos Profissionalizantes, e aumento na oferta de vagas em Universidades públicas para alunos de escolas públicas. Promessas e críticasPrometeu que se o candidato de seu partido for eleito, Sérgio Cerqueira, lutará para o asfaltamento de uma rodovia municipal de 13 quilômetros, ligando Ituverava a Guará, e que serve como rota de fuga do pedágio do Km 410 da via Anhanguera, instalado entre as duas cidades. O valor do pedágio é de R$ 6,90 e é cobrado nas duas direções.Criticou ainda administrações chefiadas por partidos opostos, citando como exemplo a cidade de Ribeirão Preto após a 1ª administração do ministro Antônio Palocci. "É só comparar os 4 anos seguintes e ver como sabemos governar", afirmou José Dirceu. Citou ainda a prefeitura de São Joaquim da Barra, há 30 quilômetros de Ituverava, e que foi governada por José Ivo Vanucci, hoje chefe da Assessoria do ministro Palocci. "Após a sua saída a cidade parou", completou o ministro. O candidato do PT a prefeitura de São Joaquim é a esposa de José Ivo, Maria Helena Vanucci.Após o comício, o ministro participou de um almoço para 300 pessoas entre correligionários e empresários. Lá, recebeu do presidente da Fundação Educacional de Ituverava, César Luiz Mendonça, pedido por escrito para seja apressado o processo de isenção do INSS da entidade, que mantém 14 cursos entre os ensinos Fundamental, Básico e Superior. Mensalmente, a Fundação gasta aproximadamente R$ 60 mil apenas com INSS.De Ituverava, José Dirceu seguiu de carro para a pequena cidade de Ipuã, com pouco mais de 10 mil habitantes e, à noite, segue para São Joaquim da Barra, onde faz comício e participa de jantar com empresários. Depois retorna a Ituverava, embarcando para Jaboticabal na manhã deste domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.