Dirceu diz que não é candidato a cargo majoritário em 2006

O ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, afirmou hoje que não é candidato a cargo majoritário nas eleições presidenciais de 2006. "Quero dizer que não sou e nem serei candidato a cargo majoritário (governador, presidente) nas próximas eleições gerais. Sou ministro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva", garantiu ele no início da tarde de hoje, durante almoço com prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e secretários municipais, entre outras autoridades, em São Bernardo do Campo.Durante um rápido pronunciamento, antes do almoço, Dirceu disse que o governo está criando as condições necessárias para o desenvolvimento do País. "O País não pode ficar esperando a queda de juros, o governo está dando todas as condições para retomada do crescimento", reiterou.O ministro da Casa Civil, destacou que o Brasil tem competitividade não apenas nos setores básicos da economia, mas também em áreas estratégicas, como na biotecnologia. Além de afirmar que o governo Lula está criando as condições para o desenvolvimento do País, o ministro reafirmou o compromisso do governo implantar as reformas que pretende, entre elas a previdenciária, tributária, política, do Judiciário e a trabalhista.Cadastro únicoO ministro anunciou, ainda, que na semana que vem a Câmara de Política Social dará a versão final do projeto que vai unificar as políticas do setor. Entre as novidades, está a criação de um cadastro único dos que serão beneficiados pelos programas sociais do governo. E para o segundo semestre, Dirceu informou que serão colocados em execução os programas Primeiro Emprego e Farmácia Popular.O almoço do ministro com as autoridades da região do Grande ABC, durou cerca de 2 horas e meia. Durante o evento, ele voltou a dizer do compromisso que o governo Lula tem com essa região. "Esta região não está desligada da política econômica do governo e existe um esforço diário para que o desenvolvimento econômico dessa região seja retomado", reiterou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.