Dirceu: diretórios discutirão nepotismo

O comando nacional do PT decidiu deixar a cargo dos diretórios municipais e estaduais a questão dos prefeitos filiados ao partido que mantêm parentes nas administrações municipais. Segundo o presidente da legenda, José Dirceu, a Executiva Nacional petista reiterou o que está estabelecido na Carta Eleitoral do partido -a proibição do nepotismo-, e não prevê punir a ninguém que o descumpra.Dirceu disse que foi feita uma "recomendação", mas não foi tomada uma "decisão". Para ele os prefeitos têm autonomia político-administrativa para governar. "Cada um assuma a responsabilidade pelo que está fazendo", declarou, após participar de reunião com governadores e dirigentes petistas, entre eles o presidente de honra da legenda, Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio Piratini, sede do governo gaúcho. "A posição da direção nacional é clara: eles devem cumprir o item 12 da Carta Eleitoral. Muitos já o fizeram", declarou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.