Dirceu critica Itamar e afasta aliança

O presidente licenciado do Partido dos Trabalhadores, José Dirceu, criticou o governador Itamar Franco (PMDB) e praticamente descartou uma possibilidade de aliança, no primeiro turno das eleições presidenciais do ano que vem, com o pré-candidato do PMDB. Dirceu, que diz ter sido um dos líderes petistas que mais se empenharam na tentativa de compor uma frente de centro-esquerda com o governador mineiro para 2002, disse que a candidatura Itamar caminha para a direita. "Ele está em negociação com ACM (ex-senador baiano Antonio Carlos Magalhães) e setores do PFL, e agora está de namoro com o Aécio Neves. Daqui a pouco ele coloca o PSDB em seu palanque", afirmou. Licenciado do cargo de presidente da Executiva Nacional do PT, Dirceu veio a Belo Horizonte lançar sua candidatura a reeleição na convenção do partido, marcada para setembro. Ele se encontrou na capital mineira com o prefeito Célio de Castro (sem partido).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.