Dirceu assiste votação com persianas fechadas em SP

Em um momento em que pode ser decisivo para o processo do mensalão, o ex-ministro José Dirceu (PT) acompanha o julgamento com um número pequeno de pessoas na residência do seu irmão, na zona sul de São Paulo. Dirceu pediu para que as persianas do apartamento fossem fechadas para evitar ser fotografado, como ocorreu na semana passada.

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 15h33

O advogado de Dirceu dará uma entrevista em Brasília assim que houver uma definição sobre a aceitação ou não dos embargos infringentes. A assessoria de imprensa de Dirceu informou que o ex-ministro não vai se pronunciar ao fim da votação no Supremo Tribunal Federal. Há, porém, a possibilidade de divulgação de uma nota caso os embargos sejam rejeitados.

Neste momento, o ministro Celso de Mello lê o seu voto em plenário. A votação está empatada em 5 a 5.

Mais conteúdo sobre:
STFMensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.