Dirceu afirma que Ciro é um problema maior para os tucanos

Ex-ministro diz que caso o deputado se lance à Presidência, Serra teria votação inexpressiva no Nordeste

Carmen Pompeu, da Agência Estado,

22 de setembro de 2009 | 18h23

O ex-ministro da Casa Civil e deputado cassado, José Dirceu, disse nesta terça-feira, 22, em Fortaleza, que a eventual candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) para presidente pelo PSB seria um problema maior para os tucanos do que para o PT. De acordo com ele, com Ciro e Dilma Rousseff (atual ministra-chefe da Casa Civil) no páreo, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), teria votação inexpressiva no Nordeste. Ele não mencionou a hipótese de Aécio Neves, governador de Minas, vir a ser o escolhido do PSDB para disputar a sucessão de Lula.

Veja Também

linkAprovação ao presidente Lula se mantém estável, diz CNI/Ibope

linkSerra lidera cenários e Ciro já empata com Dilma, diz Ibope

linkDirceu afirma que Ciro é um problema maior para os tucanos

linkContido, Serra se diz satisfeito com pesquisa

linkPara Ciro, pesquisa reforça necessidade de duas candidaturas

linkVariável econômica explica popularidade de Lula, diz CNI

 

Dirceu reconhece, no entanto, que a candidatura de Ciro poderia atrapalhar as alianças PT/PSB nos Estados e enfraquecer os palanques. "Nós queremos que o PSB apoie a candidatura da Dilma, mas se o Ciro sair candidato, a solução para esse problema não está com o PT, está com o PSB", disse o petista.

O ex-ministro descartou a possibilidade de Ciro ser uma espécie de Plano B caso Dilma não suba nas pesquisas de intenção de voto. "Não existe Plano B pra nós. O Lula vai apoiar a Dilma. Ele vai fazer campanha pra ela como se fosse pra ele", enfatizou. E voltou a afirmar o desejo do presidente Lula de ter Ciro como candidato ao governo paulista.

Marina

O ex-ministro passou o dia na capital cearense. No final da manhã, concedeu entrevistas. No rádio, Dirceu fez críticas à pré-candidatura da ex-ministra Marina Silva pelo PV. "Em todo canto o PV tem aliança com o PSDB e com o DEM", afirmou. E também atacou: "Que ecológico que nada! O PV é um partido totalmente sem agenda ecológica".

Para Dirceu, Marina se comporta como os políticos tradicionais. "Eu esperava que ela (Marina) entregasse o cargo ao sair do PT. Não dá para criticar os políticos tradicionais e se comportar como eles", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.