Dipp diz que deixou ECT após entendimento com Miro

O ex-presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Airton Dipp, divulgou nota em que informa que sua saída do cargo é o ?resultado dos entendimentos? que manteve com o ministro das Comunicações, Miro Teixeira, e ela antecipa uma decisão que estaria sendo tomada em março deste ano, em função da possibilidade de sua candidatura à prefeitura de Passo Fundo (RS), sua cidade natal. A seguir, leia a íntegra da nota: "O Diário Oficial da União de hoje publicou decreto de exoneração, a pedido, de Airton Dipp, ao mesmo tempo em que nomeia o diretor de Tecnologia e Infra-Estrutura dos Correios, Eduardo Medeiros de Moraes, para exercer interinamente a presidência. Airton Dipp informa que essa medida é o resultado dos entendimentos que manteve com o ministro das Comunicações, Miro Teixeira, e ela antecipa uma decisão que estaria sendo tomada em março deste ano, em função da possibilidade de sua candidatura a prefeitura d e Passo Fundo, sua cidade natal".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.