Diplomata Antonio Amaral de Sampaio morre em SP

Sampaio foi chefe de missão diplomática em Damasco, Teerã e no Cairo

Fabiana Marchezi, Agência Estado

24 de junho de 2010 | 13h13

Morreu nesta manhã, aos 80 anos, o embaixador Antonio Amaral de Sampaio. Segundo a assessoria de imprensa do Hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo, o diplomata aposentado foi internado com quadro de pneumonia e faleceu após uma parada cardíaca.

Sampaio foi chefe de missão diplomática em Damasco, Teerã e no Cairo e diretor-geral do Departamento dos Orientes Próximo, Médio e da África do Norte do Itamaraty.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.