Dinamarca vai extraditar brasileiro

O governo dinamarquês decidiu que já pode extraditar o brasileiro Marcelo Bauer, acusado de matar a namorada Thaís Muniz Mendonça em julho de 1987. A informação é da assessoria do ministro da Justiça, José Gregori. Apesar desse resultado, Bauer deverá levar pelo menos mais dois meses para desembarcar no Brasil, conforme previsões do governo brasileiro. É que a defesa de Bauer recorreu contra a extradição. O pedido será analisado pela corte da cidade dinamarquesa Arhus, onde o brasileiro está preso desde setembro do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.