Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Dilma volta a se reunir com ministros em Brasília

Presidente recebe Joaquim Levy, da Fazenda, e Nelson Barbosa, do Planejamento, para discutir cortes de gastos no Orçamento

Sandra Manfrini e Rachel Gamarski, O Estado de S. Paulo

13 de setembro de 2015 | 16h07

Atualizada às 18h46.

BRASÍLIA - Depois de um sábado de reuniões com vários ministros para definir cortes de gastos e medidas para reduzir o déficit primário de R$ 30,5 bilhões previsto no Orçamento de 2016, a presidente Dilma Rousseff voltou a se encontrar neste domingo, 13, com os titulares do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Fazenda, Joaquim Levy. A reunião também contou com a participação dos secretários da Receita Federal, Jorge Rachid, do Tesouro, Marcelo Saintive, e do secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Tarcísio Godoy. Todos deixaram o Palácio da Alvorada sem falar com a imprensa. 

No sábado, 12, pela manhã, a presidente reuniu-se com a Junta Orçamentária, formada por Barbosa, Levy e Aloizio Mercadante, da Casa Civil. À tarde, ela convocou outros 10 ministros para apresentar diretrizes para cortes nos gastos dos ministérios.

A expectativa é que o governo anuncie logo no início da semana as primeiras medidas em resposta ao Congresso, que disse que só discutirá aumento de impostos depois que o Executivo promover um ajuste nas despesas, e também para evitar que outras agências de classificação de risco sigam a decisão da Standard & Poor's de rebaixar a nota brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
crise políticaDilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.