Dilma vai tirar Jucá da liderança do governo no Senado, diz Calheiros

No posto desde 2006, situação do senador piorou com a rejeição de nome do governo para a ANTT

Rosa Costa, de O Estado de S. Paulo,

12 de março de 2012 | 18h59

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff avisou nesta segunda-feira, 12, ao líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), que substituirá Romero Jucá (PMDB-RR) na liderança do governo na Casa. Ela quer no cargo o senador Eduardo Braga (PMDB-AM), ex-governador de Amazonas que está no primeiro mandato no Senado.

Jucá foi escolhido líder do governo em 2006 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foi mantido por Dilma, mas desde então senadores petistas trabalham pela sua saída. Sua situação piorou na semana passada, com a rejeição no plenário da recondução de Guilherme Figueiredo para a diretoria-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O senador Lindbergh Farias encabeçou o movimento pela substituição, alegando que Jucá sabia da armação do PMDB para rejeitar o nome em plenário. Ele nega.

Tudo o que sabemos sobre:
Romero JucáANTTSenadoPMDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.