Dilma vai convidar PR para voltar ao governo em março

Partido deverá voltar a ocupar pasta na Esplanada dos Ministérios

Eugênia Lopes, da Agência Estado

14 de fevereiro de 2012 | 20h18

Primeiro partido a ser defenestrado na "faxina" promovida pela presidente Dilma Rousseff, o PR deverá retornar ao governo, ocupando novamente uma pasta na Esplanada dos Ministérios. O convite para voltar ao governo com um ministério será formalizado pela presidente Dilma Rousseff em março. Além do PR, a presidente Dilma também deverá definir o futuro no governo do PDT, que pleiteia voltar a ocupar o Ministério do Trabalho.

 

O PR reivindica retornar ao comando do Ministério dos Transportes. Em julho, o senador Alfredo Nascimento (PR-AM) deixou a pasta depois de denúncias de irregularidades. Desde então, a titularidade do Ministério está com Paulo Passos, filiado ao PR.

 

"Ele (Passos) é filiado ao partido, mas não foi indicado para o cargo pelo PR. Ele é uma indicação pessoa da presidente Dilma Rousseff", afirmou o líder do PR na Câmara, Lincoln Portela (MG). Ele e o senador Blairo Maggi (MS), líder do PR no Senado, reuniram-se ontem com a ministra-chefe de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, para discutir a volta do partido para a base de apoio do governo no Congresso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.