''Dilma tem aqui um cabo, um general eleitoral''

Eduardo Paes: Prefeito eleito do Rio

Alexandre Rodrigues, O Estadao de S.Paulo

31 de dezembro de 2008 | 00h00

Qual será seu papel no projeto político de Sérgio Cabral?É ser um bom prefeito. A última coisa em que estou pensando é em política eleitoral, em 2010. O PMDB deve se aliar ao PT em 2010?É o melhor caminho. É uma coalizão que vem fazendo transformações no Brasil. Não tenho dúvidas de que é a que tem mais condições de disputar e vencer as eleições. No momento, as sondagens apontam Serra como favorito. Nem preciso dizer da minha opinião sobre Serra. É meu amigo, um quadro político qualificadíssimo, preparado para governar o Brasil. No entanto, a aliança PMDB-PT, por representar a continuidade do que está dando certo, terá mais chances. Dilma reúne as mesmas qualidades que o sr. vê em Serra?Acho que sim. Tem sido uma senhora gerente das diversas funções do governo federal. Além disso, reúne as condições políticas para aglutinar as forças que podem vencer. Minha candidata é a Dilma. Ela tem aqui um cabo, um general eleitoral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.