Dilma telefona para parabenizar Renan Calheiros por vitória no Senado

Parlamentar venceu eleição à presidência da Casa, voltando ao cargo após 5 anos de sua renúncia

Tânia Monteiro, O Estado de S. Paulo

01 de fevereiro de 2013 | 19h02

BRASÍLIA - Assim que desembarcou de Brasília, pouco depois das 17 horas, regressando de uma viagem a Belém do Pará, a presidente Dilma Rousseff telefonou para o novo presidente do Senado, Renan Calheiros, eleito na tarde desta sexta-feira, 1, para dois anos de mandato. Dilma o parabenizou e desejou sucesso à frente do comando do Congresso.

Antes de Dilma, o vice-presidente Michel Temer conversou com Renan também para parabenizá-lo. Temer elogiou o discurso do senador, considerado "positivo" por ele, já que repassava uma mensagem de claro objetivo de pacificar o Congresso. De acordo com Temer, o discurso de Renan Calheiros mostrava que ele está "olhando para a frente" , revelando que "não guardou mágoas" e que estava preocupado "apenas em superar as divergências".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.