Dilma socorre PT em São José do Rio Preto

Em reunião com 60 empresários, ministra da Casa Civil pede votos para João Paulo Rillo

José Maria Tomazela, O Estadao de S.Paulo

24 de outubro de 2008 | 00h00

A campanha do candidato do PT à Prefeitura de São José do Rio Preto, João Paulo Rillo, ganhou um reforço de peso na manhã de ontem. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pediu abertamente votos para o petista durante reunião com cerca de 60 empresários da região. Na cidade de 276.943 eleitores, Rillo disputa com Valdomiro Lopes (PSB), que tem como vice Gaber Lopes, do PSDB.O apelo em favor de Rillo ocorreu depois que a ministra apresentou um cenário otimista para o Brasil diante da crise econômica internacional. O encontro, num restaurante da cidade, reuniu a nata do empresariado local. Dilma levou uma mensagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de apoio à candidatura petista.O PT local esperava que o presidente fosse à cidade, mas Lula teria descartado a visita porque o partido do adversário faz parte de sua base de apoio em Brasília. No Estado, o PSB está com o governador José Serra, que já gravou mensagem de apoio a Valdomiro.Pesquisa do Ibope para o segundo turno mostrou Rillo com 47% das intenções de voto, contra 39% de Valdomiro. O candidato do PSB havia chegado na frente no primeiro turno. Na reta final, a campanha se acirrou. Assessores dos dois lados encaminharam à Justiça Eleitoral pedidos de investigação sobre compra de votos.Hoje, os dois concorrentes fazem o último debate na televisão. O coordenador da campanha de Valdomiro, José Luis Rey, disse que o candidato continuará apresentando propostas, sem partir para o ataque. "Essa foi a linha da campanha e não será mudada, pois nossa expectativa é positiva."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.