Dilma sobe, Serra cai, mas mantém liderança para 2010

Segundo pesquisa CNT/Sensus, a candidata do presidente Lula registrou 13,5% ante 10,4% de dezembro de 2008

Fábio Graner, da Agência Estado

03 de fevereiro de 2009 | 11h26

O governador de São Paulo, José Serra, lidera a pesquisa de intenção de votos para a eleição de 2010, realizada com apresentação de lista, pela CNT/Sensus. Apesar disso, a intenção de votos de Serra recuou de 46,5% para 42,8% de dezembro para janeiro.   Veja Também:  Aprovação a Lula sobe a 84% e bate novo recorde Você concorda com a pesquisa?   Em segundo lugar aparece a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, cuja intenção de votos passou de 10,4% para 13,5% de dezembro para janeiro. Em terceiro lugar surge a ex-senadora Heloísa Helena, que recuou de 12,5% para 11,2%. Os votos brancos e nulos caíram de 17,2% para 16,5% e o porcentual de indecisos subiu de 13,4% para 16,1%. O diretor da Sensus, Ricardo Guedes, afirmou que a alta no número de indecisos está relacionada à aproximação da campanha eleitoral, que leva a um movimento de avaliação dos eleitores sobre as opções.   Em outra lista, em que concorre, ao invés de Serra, o governador de Minas Gerais, Aécio neves, o PSDB continua na liderança, mas com intenção de voto significativamente menor. Aécio concentra 23,3% das intenções, caindo ante os 25,3% do levantamento anterior. Nessa lista, a ex-senadora Heloísa Helena aparece em segundo lugar, com 18,2%, ante 19,1% em dezembro. "Parte dos votos do Serra vão para a Heloísa Helena", explicou Guedes. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff ficou em terceiro com 16,4% dos votos ante 12,9% em dezembro. Brancos e nulos passaram de 26,1% para 23,5% de dezembro para janeiro e os indecisos subiram de 16,7% para 18,7%.   Numa simulação de segundo turno, entre Serra e Dilma Rousseff, o tucano vence com 50,8% dos votos ante 16,6% da petista. Em dezembro, na simulação de segundo turno Serra tinha 53,7% e Dilma 14,5%. Na simulação de segundo turno entre Aécio de Dilma, o tucano teve 30,4% e a ministra 23,9%. No levantamento anterior, Aécio tinha 32,3% e Dilma 20,2%. Em uma simulação de segundo turno entre Serra e Ciro Gomes, o primeiro teve 50,2% das intenções e o segundo 14,7% ante 52,7% e 13,9%, respectivamente, em dezembro. Na simulação entre Aécio e Ciro Gomes, a vitória tucana é mais apertada. Aécio aparece com 29,1% e Ciro com 24,7% ante 30,2% e 23,7%, respectivamente, em dezembro.     Segundo o presidente da CNT, Clésio Andrade, a queda nas intenções de voto dos candidatos tucanos, Serra e Aécio, é uma consequência negativa da disputa entre os dois pela indicação do partido à disputa presidencial em 2010.     Texto atualizado às 12h30  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.