Dilma seguirá conversas com partidos base, diz Carvalho

A presidente Dilma Rousseff seguirá conversando com partidos da base aliada, disse hoje o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Após o segundo turno das eleições municipais, Dilma já se reuniu com PT, PMDB, PP, PSD e PSB.

EQUIPE AE, Agência Estado

20 de novembro de 2012 | 11h49

"(Dilma) fez o primeiro round importante e agora continuará conversando, é muito importante para nós esse processo. Esse final de ano é muito importante, preparando 2013, será o melhor dos nossos anos", disse Carvalho a jornalistas, após participar de cerimônia de instalação da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica, no Palácio do Planalto.

"É quando os projetos estão amadurecendo, quando as coisas podem ir de fato pra rua. Temos grande esperança para o ano que vem, não apenas pela questão econômica, como pela própria maturação natural dos projetos e aí, evidentemente, que o acordo político, a integração política, a facilidade com que os processos se desenvolvam no Legislativo é muito importante para nós. Essa é a razão da preocupação da presidente em ter muita harmonia com a base aliada, para que nada se torne obstáculo a esse propósito nosso, de fazer acelerar o trabalho do governo", disse o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
Dilmabaseconversaçõespartidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.