Dilma se reúne com Negromonte para tratar de demissão

Presidente vai receber perdido formal do ministro, que deixará a pasta de Cidades

Rosana de Cassia e João Domingos

02 de fevereiro de 2012 | 09h48

Atualizada às 11h35

O encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o ministro das Cidades, Mário Negromonte, originalmente marcado para as 11 horas desta quinta-feira, 2, deve atrasar. O ministro recebeu um telefonema da equipe do Planalto, solicitando que a reunião seja realizada um pouco mais tarde. O novo horário não está especificado, mas o encontro ocorrerá ainda hoje.

Nessa reunião será discutida a saída de Negromonte do ministério, decisão que ele antecipou ontem à bancada do seu partido, o PP. A presidente chegou a Brasília na madrugada de hoje, por volta das 3 horas, depois de viagem a Cuba e ao Haiti. O local, no entanto, não foi informado. Dilma, que chegou nesta madrugada a Brasília, por volta das 3 horas, da viagem que fez a Cuba e ao Haiti, descansa neste momento no Palácio da Alvorada. Por conta disso, a agenda da presidente ainda não foi definida.

 

Nesta quarta-feira, 1º, o ministro Negromonte antecipou à sua bancada, o PP, que formalizaria nesta quinta a saída dele do Ministério. Depois de três meses de desgaste por conta de denúncias de irregularidades na Pasta, ficou acertado que ele entregará formalmente o cargo, facilitando a conversa com a presidente Dilma. Negromonte retornará à Câmara, depois de ser derrotado na disputa pela liderança e, como hoje é minoria na bancada, não exercerá nenhum cargo relevante.

 

O nome mais cotado para substituir Negromonte na Pasta é o do líder da bancada da Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.