Dilma retorna ao Brasil após participar da Celac

A presidente Dilma Rousseff saiu de Havana no final da noite desta terça-feira, 28, no horário do Brasil, em direção a Brasília. A presidente retorna após fazer um discurso contundente na II Cúpula da Comunidade de Estados Latino Americanos (Celac) em que chamou de "anacrônica" a exclusão de Cuba dos fóruns regionais e multilaterais.

VERA ROSA, ENVIADA ESPECIAL, Agência Estado

29 Janeiro 2014 | 00h06

Em entrevista coletiva concedida antes, Dilma foi questionada sobre a polêmica parada do avião presidencial em Lisboa, antes da viagem a Cuba. Ela disse que não passou o fim de semana na capital de Portugal, mas apenas poucas horas, das 17h30 de sábado às 9h da manhã de domingo, porque o avião presidencial não tinha autonomia de voo. "Quem anunciou que eu passei o fim de semana lá não sabe fazer conta", afirmou Dilma.

Mais conteúdo sobre:
DilmaCubaretorno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.