André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Dilma reconduz Janot ao comando da Procuradoria-Geral da República

Decreto no Diário Oficial desta quinta-feira confirma recondução do produrador-geral, que teve o nome aprovado pelo Senado para continuar à frente do órgão por mais dois anos

Luci Ribeiro, O Estado de S. Paulo

10 de setembro de 2015 | 08h57

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff reconduziu Rodrigo Janot Monteiro de Barros ao cargo de procurador-geral da República, conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 10. Janot teve o nome aprovado para continuar à frente da Procuradoria-Geral da República por mais dois anos pelo Senado no fim de agosto, sob críticas de senadores quanto aos rumos tomados pela Operação Lava Jato.

No Plenário da Casa, 59 senadores votaram a favor da recondução de Janot, 12 foram contrários e houve uma abstenção. Antes, ele havia sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) por 26 votos a favor e um contra, depois de passar por sabatina de mais de dez horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.