Dilma receberá líderes aliados da Câmara em almoço no Alvorada

Encontro, que ainda não tem data marcada, foi definido nesta quarta-feira durante a reunião da presidente com o líder do governo na Casa, deputado Arlindo Chinaglia (PT), em Brasília

Denise Madueño, de O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2012 | 18h37

BRASÍLIA - Na linha de uma maior integração com a base, a presidente Dilma Rousseff receberá os líderes aliados na Câmara em um almoço a ser realizado em breve no Palácio da Alvorada. A data do encontro ainda não está marcada, mas deverá ser dentro de duas semanas. O almoço foi acertado nesta quarta-feira, 4, durante a reunião da presidente com o líder do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT), e as ministras da secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti; e da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

 

Chinaglia relatou à presidente (que estava em viagem à Índia na semana passada) as articulações que levaram à aprovação do projeto de Lei Geral da Copa na Câmara. As votações estavam paralisadas na Casa, depois que deputados da base se rebelaram contra o governo e setores ruralistas condicionaram a aprovação do projeto da Lei da Copa à votação do Código Florestal.

 

A votação do Código Florestal, no entanto, deverá ocorrer até o final de abril. O governo tem defendido o texto aprovado pelos senadores. Deputados ruralistas, no entanto, querem alterar a proposta. O relator do projeto, deputado Paulo Piau (PMDB-MG), tem discutido o seu parecer com os ministros da Agricultura, Mendes Ribeiro, e do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaaliadosCâmara

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.