Dilma recebe lideranças partidárias para manter base aliada unida

Presidente recebe senadores em seguida; o PSB, que entregou os cargos no último dia 18, não participa

Tânia Monteiro , O Estado de S. Paulo

07 de outubro de 2013 | 16h26

Brasília - Na tentativa de manter a base aliada agregada, a presidente Dilma Rousseff está realizando uma nova reunião com os parlamentares líderes dos partidos que apoiam o governo. O PSB, que se desligou da aliança em 18 de setembro, não participa deste encontro. Dilma está reunida com os deputados aliados neste momento e, mais tarde, receberá os senadores.

Os ministros da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti; da Saúde, Alexandre Padilha; e da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, acompanham a reunião ao lado da presidente Dilma, assim como o líder do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP).

Os deputados que participam do encontro com Dilma, neste momento, são: Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Eduardo da Fonte (PP-PE), George Hilton (PRB- MG), Alice Portugal (PCdoB-BA), José Guimarães (PT-CE), Jovair Arantes (PTB-GO), Marcos Rogério (PDT-RO), e Rosinha do Adefal (PTdoB-AL).

Em seguida será a vez da presidente Dilma se reunir com os senadores. Apesar de a reunião com a presidente Dilma ter sido marcada antes do fim do período de troca-troca eleitoral, neste fim de semana, os parlamentares esperam que alguma observação seja feita pela presidente ou seus ministros em relação à surpreendente decisão de Marina Silva se unir ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos, para a corrida eleitoral de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaaliadosPSB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.