Dilma quer que licitação da BR-050 seja bem-sucedida

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira, 13, em entrevista a rádios locais de Uberlândia (MG) que o governo quer que a licitação da BR-050 seja bem-sucedida, pois "esse é um eixo de rodovia que serve para escoar riquezas" da região. Para Dilma, o trecho de 436,6 quilômetros da rodovia atrairá muitos investidores.

LUCIANA ANTONELLO XAVIER, BEATRIZ BULLA E GUILHERME WALTENBERG, Agência Estado

13 de setembro de 2013 | 09h46

A rodovia está dentro do programa de concessões do governo federal. Ela foi indagada sobre a cobrança de pedágio entre Araguari e Uberlândia e respondeu que o governo "sempre foi contra pedágio em região urbana", mas completou dizendo que a rodovia em questão "não é uma rodovia urbana ou que passa em áreas urbanas, é uma rodovia federal de grande extensão, pega a divisa de São Paulo e Minas Gerais e chega a Goiás passando pelo triângulo mineiro".

Segundo Dilma, os investimentos serão concluídos o mais rápido possível. Eles têm um prazo mais restrito para ocorrer, no máximo cindo anos", explicou ainda a presidente. Ela ressaltou que a concessão é por 30 anos e prevê as obras e a manutenção. "Daqui a dez anos, se aumentar a necessidade de tráfego, vai ter de ser providenciada a ampliação da rodovia", completou.

Dilma participa nesta manhã de formatura de 1.800 alunos do Pronatec Brasil Sem Miséria em Uberlândia (MG).

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaUberlândia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.