Dilma promete cinema e biblioteca por cidade se eleita

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, prometeu hoje que, se for eleita, cada município do País contará com uma biblioteca, uma sala de cinema e, pelo menos, um ponto de cultura. Durante vista à 29ª Bienal de São Paulo, ela ressaltou que é importante que "a biblioteca desperte o interesse pelos livros e outras formas de cultura, sendo de certa forma interativa". "Cerca de 90% dos municípios não tem mais salas de cinema. Sou da época em que havia uma em cada município, ou em muitos municípios", disse.

CHIARA QUINTÃO, Agência Estado

10 de outubro de 2010 | 14h12

Atualmente, há mais de 5 mil pontos de cultura, segundo a candidata. "Os pontos de cultura são uma forma de organizar as manifestações culturais diversas deste País. Temos uma cultura riquíssima, tão rica quanto a nossa biodiversidade. Se nós somos um País ''biodiverso'', e essa é uma das nossas grandes riquezas, também somos um País que tem uma diversidade cultural riquíssima, e é por meio disso que vamos conseguir nos construir de forma mais forte como nação", afirmou.

Dilma defendeu, além do acesso de todas as faixas da população à cultura, a democratização da produção cultural no Brasil. "Da Bienal, passando por uma biblioteca em cada município, passando por salas multiuso, cinema, teatro e outros pontos de cultura, o que estamos tentando, de fato, é garantir que essa diversidade cultural do Brasil se manifeste."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.