Dilma permanece em Brasília e só viaja para SP na 2a

Brasília, 29 - A presidente Dilma Rousseff só viajará para São Paulo na segunda-feira, como já estava previsto em sua agenda. No início da tarde deste sábado, a presidente afirmou, em nota, que a descoberta do tumor na laringe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi feita em um estágio que permite "seu tratamento e cura".

Agência Estado

29 de outubro de 2011 | 16h59

De acordo com a assessoria do Palácio do Planalto, Dilma deve passar o fim de semana na capital federal, sem compromissos oficiais. Na segunda-feira, Dilma dará posse ao novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a partir das 15 horas, em solenidade no Palácio do Planalto.

No final da tarde, Dilma seguirá para a capital paulista onde participará, às 20 horas, do prêmio "As Empresas Mais Admiradas do Brasil", da revista Carta Capital. Depois, a presidente segue para Natal (RN).

Na nota divulgada mais cedo, Dilma afirmou que estará "ao lado" do ex-presidente Lula para acompanhar a "superação de mais este obstáculo". Lula permanece no hospital Sírio Libanês, depois de ter passado por exames que diagnosticaram um tumor na laringe. (Renato Andrade)

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaLulacâncerSírio-Libanês

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.