André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Dilma passa por cateterismo em São Paulo

Ex-presidente foi internada no hospital Sírio-Libanês nesta quarta-feira; de acordo com assessoria, ela deve ter alta nesta quinta

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2021 | 18h00
Atualizado 01 de setembro de 2021 | 16h29

A ex-presidente Dilma Rousseff  passou por um cateterismo nesta quarta-feira, 1º, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da petista.

O procedimento cirúrgico foi realizado pela manhã pelo cardiologista Roberto Kalil Filho e correu sem problemas. Dilma já está no quarto, se recuperando, almoçou e deve ter alta na quinta-feira, segundo a assessoria da ex-presidente.

Dilma passou por um procedimento de desobstrução de artéria no mesmo hospital em dezembro de 2018. A angioplastia ocorreu após um exame feito no dia anterior para verificar possíveis entupimentos nas artérias que irrigam o coração. Dilma foi acompanhada pela equipe médica coordenada pelo mesmo Roberto Kalil Filho, que também é diretor do hospital. 

Em 2009, antes de ser eleita presidente, Dilma passou por um tratamento de quimioterapia no mesmo hospital contra um câncer no sistema linfático. Na ocasião, havia sido detectado um tumor 2,5 centímetros na axila esquerda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.