Dilma nomeia Lula representante do Brasil na União Africana

Ex-presidente estreitou relações com o continente durante seu governo e agora quer trabalhar com cooperação.

BBC Brasil, BBC

27 de junho de 2011 | 19h15

A presidente Dilma Rousseff nomeou o seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, representante do Brasil na 17ª Assembleia Geral da União Africana. O encontro ocorre nesta semana, no dia 30 de junho, na Guiné Equatorial.

Lula já havia sido convidado pelo presidente do país, Teodoro Mbasogo, para falar na cúpula, cujo tema deste ano é "Empoderamento da Juventude para o Desenvolvimento Sustentável".

O ex-presidente já deu mostras de que pretende desempenhar ações junto aos países africanos desde que passou o governo a sua sucessora. Nos oito anos em que esteve no Palácio do Planalto, Lula estreitou relações com o continente e abriu várias embaixadas na África.

O ex-presidente também está articulando ações de cooperação com ONGs como a Oxfam e organizou uma reunião com especialistas em África, neste mês, em São Paulo.

A eleição, ontem, do ex-ministro José Graziano para à direção-geral da FAO (organização da ONU para a agricultura) é parte dos planos de Lula. Uma das metas de Graziano é justamente combater a fome no continente e expandir técnicas agrícolas, tendo como referência o modelo brasileiro de políticas de desenvolvimento e distribuição de renda.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.