Dilma nega ter se reunido com ex-secretária da Receita

Lina Maria Vieira disse que ministra teria pedido agilidade nas investigações em torno de Fernando Sarney

Carlos Magno Araújo, AE

10 de agosto de 2009 | 19h19

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, negou nesta segunda-feira, em Natal, ter se reunido com a ex-secretária da Receita Federal Lina Maria Vieira para pedir rapidez nas investigações em torno dos negócios da família Sarney, como acusou a ex-chefe do Fisco em entrevista domingo ao jornal Folha de S.Paulo. "Não fiz esse pedido a ela", afirmou Dilma Rousseff durante uma entrevista coletiva no Centro de Convenções de Natal. 

 

Veja Também

linkDilma nega ter se reunido com ex-secretária da Receita

 

Lina disse na reportagem que teria recebido um pedido de Dilma no final do ano passado para "agilizar a fiscalização do filho do (presidente do Senado, José) Sarney". Ela afirmou que considerou a solicitação como um recado para "encerrar" as investigações do Fisco sobre empresas geridas por Fernando Sarney.

A ministra iniciou hoje agenda de dois dias no Rio Grande do Norte para anunciar obras e fazer um balanço das ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Estado. A ministra garantiu jamais ter se encontrado de forma privada com Lina Vieira. "Encontrei com a secretária da Receita várias vezes e com outras pessoas junto em grandes reuniões; essa reunião privada a que ela se refere eu não tive", declarou Dilma Rousseff.

A ministra disse ainda que não fará "interpretações subjetivas" a respeito das declarações da ex-secretária da Receita. "Gostaria de dizer que em momento algum me manifestei com relação a algo que dissesse respeito a ela, nem para ela ser nomeada, nem para ela ser demitida".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.