Dilma nega que exista disputa entre ministros

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, negou hoje que exista disputa entre os ministros. "Essa briga (entre ministros) não existe. Essa briga é das diferentes óticas que todo o governo tem, cada um com a sua ótica", disse hoje a ministra, ao deixar o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde se submeteu a mais uma sessão de quimioterapia para tratar um câncer no sistema linfático.

CLARISSA OLIVEIRA, Agencia Estado

04 de junho de 2009 | 19h20

Na semana passada, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, se queixou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva dos ministros Alfredo Nascimento (Transportes), Reinhold Stephanes (Agricultura) e Mangabeira Unger (Assuntos Estratégicos). Minc disse que eles combinavam uma coisa no governo e depois pegavam a ?machadinha? e iam ao Congresso atacar a legislação ambiental.

Questionada se o presidente Lula não estaria incomodado com o a questão dos ministros, Dilma emendou: "Presidente exerce sua condição de presidente governando, dando a linha do governo". Hoje, Minc afirmou que Lula o recomendou fazer as pazes e tomar cuidado ao falar publicamente de outros ministros. "Eu, como ministro obediente em relação ao meu chefe, não farei mais polêmicas públicas com outros ministros", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.