Dilma não vai depor em comissão do Senado na 4a-feira, diz Múcio

A ministra-chefe da Casa Civil, DilmaRousseff, deve comparecer à Comissão de Infra-Estrutura doSenado para falar sobre o Programa de Aceleração do Crescimento(PAC) apenas no dia 30 deste mês ou em 6 de maio, disse nestasegunda-feira o ministro das Relações Institucionais, JoséMúcio Monteiro. A oposição está à espera do depoimento de Dilma paraquestioná-la sobre o suposto dossiê com gastos sigilosos doex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que teria vazado daCasa Civil. De acordo com Múcio, a agenda da ministra está tumultuadanesta semana e na próxima ela viajará a Japão e Coréia do Sul,o que inviabilizaria o depoimento até ela regressar. "Como ela vai falar do PAC, não têm urgência", disse Múcioa jornalistas, acrescentando que Dilma vai decidir se falarásobre outros assuntos que não se relacionem com o programa. "Ela foi chamada para falar do PAC. Não acredito que oSenado vá usar esse artifício para fazer outro questionamento aela", completou o ministro. Mais cedo, Dilma deu uma palestra sobre o PAC a prefeitospetistas, mas evitou a imprensa. (Texto de Maurício Savarese)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.