Dilma não tem dívida com PSD, diz governador de SC

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), disse nesta terça-feira, 03, que a presidente Dilma Rousseff não tem dívida com o partido. No dia 20 de novembro, o PSD formalizou apoio à reeleição de Dilma em 2014. Desde então, a presidente e Colombo têm intensificado a agenda de eventos públicos juntos.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

03 Dezembro 2013 | 18h33

Na tarde de hoje, Dilma participou da cerimônia no Palácio do Planalto da assinatura da ordem de serviço de duplicação da BR-280. Na semana passada, a presidente viajou a Santa Catarina para assinar contratos do governo federal com o estadual e inaugurar a ampliação do berço 201 do Porto de São Francisco do Sul.

"Ela (Dilma) não tem dívida com o PSD, nem nós temos crédito. Essas obras estavam em andamento, programadas, essa ordem de serviço só não foi dada antes por causa de uma licença ambiental. É um ato administrativo importante, que agora se realiza", afirmou Colombo, ao ser questionado pelo sobre os sucessivos eventos de Dilma voltados para o Estado de Santa Catarina. "Santa Catarina gosta de ser acarinhada, porque ela acarinha todos que a visitam e a ajudam", disse o governador.

Em um rápido discurso, a presidente disse que há uma "parceria muito efetiva" com o governo de Santa Catarina. Repetindo um protocolo que segue no início de suas falas, a presidente cumprimentou jornalistas ao discursar, mas os repórteres setoristas que cobrem a Presidência da República não puderam acompanhar a cerimônia.

Mais conteúdo sobre:
dilma Colombo PSD

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.