Dilma inaugura fábrica de semicondutores

Presidenta participa de cerimônia de inauguração da HT Micron em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Agência Estado

07 de junho de 2014 | 13h37

A presidente da República, Dilma Rousseff, comemorou em seu discurso a "boa parceria" que levou à inauguração da fábrica de semicondutores HT Micron em São Leopoldo, Rio Grande do Sul. "A HT Micron reflete a boa parceria. Há aqui também a parceria entre diferentes níveis de governo. Este projeto, esta fábrica, este empreendimento é bastante significativo", disse Dilma durante cerimônia de inauguração da fábrica.

Ela lembrou ainda que a unidade será instalada dentro da Unisinos, outro exemplo de parceria, segundo a presidente. "Para ter um projeto de inovação consistente é necessário que haja esta relação entre empresas privadas, geradores de tecnologia, muitas vezes internacionais, institutos tecnológicos e científicos de universidades e todos os incentivos possíveis de política de governo", discursou, afirmando ainda que é necessário um polo tecnológico que assegure a continuidade de um projeto de inovação.

Segundo a presidente, a transferência de tecnologia será um marco para a indústria brasileira, e a fábrica da HT Micron poderá internalizar parte da cadeia produtiva de semicondutores. A HT Micron é uma empresa brasileira, fundada em 2009, através da joint venture entre a sul-coreana Hana Micron e a brasileira PARIT.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaRSfábricasemicondutores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.