Dilma faz vistoria em usina de Santo Antônio, em RO

Em sua primeira agenda externa de campanha desde a retomada das atividades eleitorais, a presidente Dilma Rousseff está na tarde desta terça-feira na usina hidrelétrica de Santo Antônio, em Rondônia. Dilma visitou mais cedo outra hidrelétrica, a de Jirau, localizada no mesmo Estado. As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e entraram na mira do Ministério Público Federal e do MP de Rondônia em virtude dos impactos ambientais provocados.

RAFAEL MORAES MOURA, ENVIADO ESPECIAL, Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2014 | 14h22

A visita é tratada como uma "agenda mista" da petista: Dilma visita a obra como presidente da República e depois fala com jornalistas na condição de candidata a reeleição. Uma equipe de filmagem está no local para a gravação de imagens do horário eleitoral na TV.

A ofensiva de Dilma em Rondônia reforça uma estratégia de colocar o PAC na vitrine eleitoral e mostrar que os investimentos do governo estão dando, sim, resultados. Dilma também pretende exaltar ao longo da campanha as mudanças implantadas no setor energético durante a sua gestão e sair em defesa do que considera o legado do governo na área.

A licença prévia das hidrelétricas foi emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em 2007, quando Marina Silva - agora alçada à cabeça de chapa do PSB na corrida pelo Palácio do Planalto - chefiava o Ministério do Meio Ambiente.

Mais conteúdo sobre:
eleiçõesDilmaPAC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.