Dilma faz última sessão de quimioterapia em São Paulo

Ministra fez cirurgia de retirada de linfoma em março e tornou pública a doença em abril, quando fez 1ª sessão

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

25 de junho de 2009 | 12h59

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, vai se submeter nesta quinta-feira, 24, em São Paulo à quarta e última sessão de quimioterapia para tratamento de um câncer linfático. A confirmação foi feita pelo médico Roberto Kalil Filho, que acompanha o caso da ministra no Hospital Sírio Libanês. A ministra está no hospital desde a manhã de hoje e deve deixar o Sírio Libanês à tarde.

As sessões de quimioterapia irão acabar antes do esperado. A ministra faria sete sessões, terminando o tratamento apenas entre os meses de julho e agosto. Dilma fez a cirurgia da retirada do linfoma em março, tornou pública a doença em 25 de abril e fez a primeira sessão de quimioterapia no dia 20 de abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.