Dilma faz quimioterapia em São Paulo e retorna a Brasília

A ministra está sendo submetida a um tratamento contra um câncer no sistema linfático

AE, Agência Estado

14 de maio de 2009 | 18h34

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, realizou na manhã desta quinta-feira, 14, uma sessão de quimioterapia no Hospital Sírio-Libanês, na Bela Vista, centro de São Paulo. "A ministra já está de volta às suas atividades normais, em Brasília", informou o hospital no final desta tarde. Dilma está sendo submetida a um tratamento contra um câncer no sistema linfático.

Dilma informou sofrer da doença em 25 de abril. O diagnóstico foi dado cerca de três semanas antes, em exames de rotina, quando um gânglio foi extirpado de sua axila esquerda durante cirurgia que durou 45 minutos.

Mais conteúdo sobre:
DilmalinfomaSPquimioterapia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.