Dilma fala em contratar 1.950 creches até fim de 2014

A presidente Dilma Rousseff reforçou nesta segunda-feira, 25, a meta de contratar a construção de 6 mil creches durante o seu período de governo. "De 2011 para cá, nós já contratamos a construção de mais de 4,7 mil creches e quase 2 mil estão em obras ou já foram entregues. Além dessas creches, vamos contratar outras 1.950 creches até o final do ano que vem", disse, na edição de hoje do programa semanal de rádio "Café com a Presidenta".

AYR ALISKI, Agência Estado

25 de novembro de 2013 | 11h37

Segundo Dilma, outras 1.609 creches que foram contratadas na administração Lula estão sendo pagas e construídas agora. Ela destacou ainda que o governo está conseguindo entregar as creches em quatro meses. "Antes, levava quase dois anos. Nós já temos aprovada, hoje, a construção de 1.877 creches por esse novo método, mais rápido, que foi licitado pelo Ministério da Educação, para ser usado por qualquer cidade do Brasil", afirmou.

A presidente explicou que a novidade adotada é um sistema de construção moderno. "Estruturas do prédio, vigas, paredes, telhado já vêm prontos de fábrica e só são montados no canteiro das obras", pontuou. Segundo ela, o governo começou a contratar em agosto a construção das creches com esse novo projeto e agora, em dezembro, será inaugurada a primeira delas, em Aparecida de Goiânia (GO). Segundo Dilma, por meio desse novo modelo a obra fica até 24% mais barata.

Todas essas creches, pelo método tradicional ou sob o novo sistema, são construídas em parceria com as prefeituras. "A prefeitura dá o terreno e faz a terraplenagem, e o governo paga toda a construção. O governo federal também repassa para a prefeitura o dinheiro para a compra de todos os móveis, carteiras, colchões, bercinhos, materiais pedagógicos, jogos e até equipamentos de cozinha. O governo federal também paga, por até um ano e meio, as despesas do dia a dia da creche, até que ela receba o dinheiro necessário que vem do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação)", ressaltou. Caso a creche receba crianças do Bolsa Família, o repasse federal à prefeitura é maior, destacou a presidente.

Dilma afirmou que as creches representam um instrumento importantíssimo para combater as desigualdades. "Toda criança, em especial as crianças das famílias mais pobres, têm o direito de frequentar uma creche. Lá, a criança vai receber os estímulos necessários para o seu desenvolvimento e esses estímulos vão fazer a diferença, a diferença no resto da vida dessas crianças", analisou. "O importante disso tudo não é a mãe, nem o pai. É a criança. É o desenvolvimento da criança que frequenta uma creche que nos importa aqui", destacou.

Tudo o que sabemos sobre:
Café com a Presidentacreches

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.