Dilma evita falar sobre novas denúncias no Esporte

Antes de embarcar para Maputo (Moçambique), a presidente Dilma Rousseff evitou comentar as novas denúncias contra o ministro do Esporte, Orlando Silva. "Outra vez?", perguntou a presidente, assim que deixou a Casa de Hóspedes do governo sul-africano. Lembrada que existiam novas denúncias publicadas hoje no jornal O Estado de S.Paulo, a presidente desconversou. "Estou saindo de uma reunião, estou na porta do Palácio".

TÂNIA MONTEIRO, ENVIADA ESPECIAL, Agência Estado

18 de outubro de 2011 | 13h46

Manchete de hoje do jornal informa que o ministro Orlando Silva teria proposto um acordo de silencio ao PM João Dias Ferreira , autor da denúncia. Em entrevista exclusiva, Ferreira afirma que o ministro lhe propôs acordo para que o esquema de propina dentro do Ministério não fosse divulgado. Segundo a denúncia, os fornecedores do programa Segundo Tempo tinham de dar 20% para o partido do ministro, o PCdoB.

Tudo o que sabemos sobre:
criseesporteDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.