Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Dilma escolhe Delcídio Amaral como novo líder do governo no Senado

Escolha do petista ocorre após o PMDB se recusar a indicar nome

Erich Decat, O Estado de S. Paulo

27 Abril 2015 | 23h19


Brasília - A presidente Dilma Rousseff definiu como o novo líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT-MA). A escolha ocorre após o cargo ficar vago desde fevereiro, início das atividades legislativas. A indicação foi confirmada por meio da assessoria do petista.

Em tese, a definição do novo líder deveria recair sobre um integrante do PMDB, em razão de o partido contar a maior bancada do Senado. Em atrito com o Palácio do Planalto, o PMDB se recusou, entretanto, indicar um nome para o posto.

Atualmente, Delcídio também ocupa a presidência da Comissão de Assunto Econômico do Senado (CAE) onde tem conduzido os principais debates em torno das questões que envolvem interesse do governo na área econômica. Nesta terça-feira, o petista presidirá a sessão em que o presidente da Petrobrás, Adelmir Bendini, deverá tratar da situação financeira da estatal e as medidas que têm sido adotadas pela empresa.

“É uma boa escolha. O Senado estava precisando de um líder do governo há muito tempo para conduzir os principais temas de discussão”, ressaltou ao Estado o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE). Entre os principais desafios do Delcídio está a negociação das propostas de ajuste fiscal encaminhadas pelo Palácio do Planalto em discussão no Congresso Nacional.

 

Mais conteúdo sobre:
Dilma Roussefflíder do senado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.