'Dilma e Serra são muito parecidos', diz Marina

A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, disse na noite de hoje, em Salvador, que "Dilma e Serra são muito parecidos" e que tem "certeza" de que estará no segundo turno, apesar das pesquisas eleitorais que a colocam na terceira posição na corrida eleitoral - atrás de Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). "O que eu vejo nas ruas é mil vezes maior do que eu vejo nas pesquisas", alega. "As urnas vão surpreender até os pesquisadores."

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

17 de setembro de 2010 | 20h54

De acordo com ela, sua confiança é baseada na própria campanha eleitoral. "Desde o início das eleições, os outros concorrentes estavam preparados para o embate, estavam indo para o retrocesso político. Fomos nós que trouxemos os temas relevantes para o debate", afirma.

Marina não quis comentar hoje as denúncias que atingem o governo federal. "Não acredito na política do quanto pior, melhor", justificou. "Eu me propus a discutir o Brasil. Eu sou a única candidata que está discutindo educação, saúde, segurança pública. Eu não vou para o vale-tudo eleitoral."

A presidenciável esteve em Salvador para receber da Câmara Municipal o título de cidadã soteropolitana. Após o evento, que começou com três horas de atraso, Marina ainda participou do Congresso de Senhoras da Igreja Assembleia de Deus. Amanhã, segundo a assessoria da candidata, ela fará campanha no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.