Dilma é ovacionada ao chegar ao Congresso do PT

A presidente Dilma Rousseff, usando um conjunto vermelho - cor da bandeira do PT - foi ovacionada ao chegar hoje, 2, ao 4º Congresso Nacional do partido, aos gritos de "olê, olê, olá, Dilma, Dilma". Com alguns minutos de atraso, logo depois chegou o ministro da Educação, Fernando Haddad, pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, com o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sua principal adversária no partido, senadora Marta Suplicy, não compõe a mesa principal, ao lado de Dilma, Lula, ministros e lideranças no Congresso.

ANDREA JUBÉ VIANNA, Agência Estado

02 Setembro 2011 | 20h17

Primeiro a discursar, o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Artur Henrique, defendeu a aprovação de uma moção de repúdio contra o "crime cometido por uma grande revista brasileira ao José Dirceu". O dirigente sindical também defendeu a realização de uma "conferência nacional do sistema financeiro" para discutir o papel social e a responsabilidade social do setor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.