Dilma e Obama tiveram reunião na Rússia, segundo EUA

Não há detalhes sobre a pauta do encontro, bastante aguardado após denúncias de que o governo americano teria espionado a presidente do Brasil

FERNANDO NAKAGAWA, ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

05 de setembro de 2013 | 17h33

O serviço de imprensa da Casa Branca informou que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, teve uma reunião com a presidente Dilma Rousseff no fim da tarde desta quinta-feira, 5. Segundo o anúncio, o encontro aconteceu entre a reunião plenária do G-20 e o jantar oferecido aos líderes mundiais pelo governo da Rússia.

Não há detalhes sobre a pauta do encontro. Durante a movimentação dos chefes de Estado na área destinada ao jantar, imagens do circuito interno de televisão do G-20 mostraram os líderes participantes caminhando nas proximidades do local do evento. Mas não foi possível ver a presidente brasileira nem o mandatário norte-americano, que poderiam estar reunidos neste momento.

O encontro entre Dilma e Obama era esperado após denúncias de que o governo americano teria espionado e-mails e ligações telefônicas da própria presidente brasileira. Nesta quinta-feira, 5, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a suposta espionagem e disse que 'cabe a Obama, humildemente, pedir desculpas à presidenta Dilma e ao Brasil'.

Tudo o que sabemos sobre:
espionagemDilmaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.