Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Dilma e Lula se reúnem por quase três horas na sede do Banco do Brasil em SP

Também estiveram no prédio o ministro da Fazenda e os presidentes do BNDES e da Petrobras

Daiene Cardoso e Francisco Carlos de Assis, da Agência Estado,

13 de abril de 2012 | 18h28

SÃO PAULO - Durou duas horas e quarenta minutos o encontro da presidente Dilma Rousseff com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede do Banco do Brasil (BB), na Avenida Paulista, onde fica o escritório da Presidência da República em São Paulo.

Dilma deixou o prédio por volta das 18h. O teor do encontro não foi divulgado pelas assessorias da Presidência e do Instituto Lula.

Também estiveram no prédio do BB nesta tarde o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, e a presidente da Petrobras, Graça Foster.

Especula-se que, no encontro, Dilma e Lula teriam conversado sobre a resistência dos bancos privados em reduzir o spread bancário, o encontro de Dilma com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no início desta semana, e a criação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para apurar o envolvimento do contraventor Carlos Augusto Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, com parlamentares e políticos de Goiás e Distrito Federal.

Segundo agenda divulgada pela Presidência da República, Dilma viajaria às 18h para Cartagena de Índias, na Colômbia, onde participa da reunião da Cúpula das Américas, nos dias 14 e 15 de abril.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaLulaGuido Mantega

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.