Dilma diz que não usará imagem do neto na campanha

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, se viu entre a tarefa de trocar fraldas e o debate eleitoral sobre violação do sigilo fiscal nesta semana e, talvez por isso, ou por ouvir mal uma pergunta, confundiu os assuntos durante uma entrevista coletiva realizada hoje, no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, onde acompanhou os dois primeiros dias de vida do neto Gabriel. Questionada pelos jornalistas, Dilma destacou que não pretende usar imagens do neto na campanha.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

10 de setembro de 2010 | 20h29

Dilma iniciou o encontro com jornalistas avisando que eles poderiam perguntar sobre fraldas, banhos e mamadas e passou boa parte da entrevista no mesmo assunto, revelando estar vivendo o momento mais feliz de sua vida, embargando a voz ao dizer que se sentia "meio boba" e afirmando que foi mais rápida que a filha Paula ao trocar a roupa e dar banho no neto.

Depois, tratou de temas como a campanha eleitoral e a economia. Enquanto a candidata saia da sala, os jornalistas tentaram prorrogar a entrevista. Um deles perguntou algo sobre fraldas. "Eu não falo sobre fraudes. Vocês perguntem isso para o meu adversário (José Serra, do PSDB) porque essa é a pauta dele", afirmou, sem perder o bom humor, mas deixando escapar alguma preocupação com o debate nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010Dilma RousseffnetoRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.