Dilma diz que governo não abrirá mão do 'Minha Casa'

A presidente Dilma Rousseff afirmou durante cerimônia de entrega de novas moradias do Programa Minha Casa Minha Vida em Ponta Grossa, no Paraná, que o governo não vai abrir mão do programa. "Durante mais de 30 anos nesse País não se investiu em habitação popular. A conta não fechava, mas o governo fez aquilo que tinha que fazer", disse. Segundo a presidente, o dinheiro que o governo arrecada tem que ser devolvido para a população que mais precisa.

CARLA ARAÚJO E GUILHERME WALTENBERG, Agência Estado

16 de julho de 2013 | 13h37

"Sou presidente de todos os brasileiros, mas com o olho voltado de forma muito intensa para aqueles que mais precisam", afirmou, lembrando que o Programa Minha Casa, Minha Vida tem um foco justamente nessas pessoas que mais precisam.

Dilma afirmou ainda que o programa Minha Casa, Minha Vida foi feito com sugestões e atendendo a reivindicações da população. "Vivemos num País especial em que temos diálogos com os movimentos sociais. A presidente participa da entrega de 1.438 unidades habitacionais, além de 42 máquinas retroescavadeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaMinha CasaMinha Vida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.