Dilma diz que defesa e democracia são 'círculo virtuoso'

Após destacar que o Ministério da Defesa completará 15 anos em 2014, a presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira, 18, em discurso no almoço com os oficiais-generais, no Clube Naval, em Brasília, que "defesa e democracia formam um círculo virtuoso". De acordo com Dilma, o momento é de fortalecimento do ministério, e isso deve ser "contínuo e consistente".

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

18 Dezembro 2013 | 15h37

No discurso, ela exaltou que "defesa e desenvolvimento são objetivos complementares", mas reconheceu que "a crise do Estado brasileiro, em termos de recursos, impediu que houvesse este foco numa política industrial e tecnológica de defesa". Segundo Dilma, "essa política tem foco não só no reaparelhamento das Forças Armadas, mas também a percepção da capacidade de inovação da indústria nacional de defesa". A presidente lembrou que já foram realizadas "várias etapas", "mas ainda há muito o que fazer e no que investir".

Mais conteúdo sobre:
Dilma militares defesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.