Dilma diz a Temer que anunciará ministério até 15 de dezembro

A presidente eleita, Dilma Rousseff, afirmou hoje ao seu vice, Michel Temer, que até o dia 15 de dezembro todo o ministério será anunciado e que o anúncio começará pela equipe econômica. A informação é de uma fonte que relatou à Agência Estado a conversa que Dilma e Temer tiveram hoje durante café da manhã.

Denise Madueño, da Sucursal de Brasília,

17 de novembro de 2010 | 15h40

 

Nesse encontro, Michel Temer negou para a presidente que o megabloco anunciado ontem na Câmara seja para pressionar por espaços por ministérios. Comandando pelo líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), o superbloco será formado pelo PMDB, PR, PP, PTB e PSC, somando no próximo ano 202 deputados.

 

Temer afirmou ainda que o “blocão” surgiu de um movimento articulado dentro do Congresso e que todos os partidos desse bloco trabalharão a favor do governo dela. Ontem ao anunciar a formação do bloco, Henrique Eduardo Alves disse que essa megabancada vai atuar para “organizar o trabalho dentro da Câmara e fora dela, na composição do governo”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.