Dilma destaca em mensagem 'transformação' do Exército

O Dia do Exército foi comemorado nesta sexta-feira, em solenidade com a presença do presidente em exercício, Michel Temer. Ele representava a presidente Dilma Rousseff, que viajou para Caracas, onde participa da posse do presidente eleito da Venezuela, Nicolás Maduro. Durante a cerimônia, foi lida a mensagem enviada por Dilma aos militares, que destacou o "processo de transformação, modernização e atualização de seus meios operacionais" e "da capacitação de seus recursos humanos e na recuperação de sua capacidade dissuasória".

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

19 Abril 2013 | 14h12

Ela elogiou ainda a atuação do Exército no País e no exterior, com destaque para a presença no Haiti. Ao fim da solenidade, o presidente em exercício conheceu alguns dos equipamentos recém-comprados pelo Exército no processo de modernização e que estavam em exposição, em frente ao Quartel-General.

O comandante do Exército, general Enzo Peri, na ordem do dia, o compositor Martinho da Vila, ao afirmar que, em 1648, combatendo em Guararapes, "o Brasil aprendeu a liberdade". Peri agradeceu o apoio de Dilma, que permitiu que o Exército tivesse "novos materiais, novas doutrinas e novas capacidades", que permitiu à Força ganhar "nova estatura dissuasória, preparar-se para atuar em ambiente de elevado grau de incerteza, interconectado, cibernético e pejado de ameaças dinâmicas e imprevisíveis". Na cerimônia, cerca de cem autoridades foram agraciadas com a medalha da Ordem do Mérito Militar. Temer não discursou e depois de seguiu para São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.