Dilma desembarca em Portugal para visita oficial

A presidenta Dilma Rousseff desembarcou hoje em Lisboa, capital portuguesa, para uma visita oficial. Segundo informações da Agência Brasil, Dilma não fez declarações à imprensa ao chegar ao local e terá um encontro amanhã, às 17 horas, com o presidente de Portugal, Cavaco Silva. Depois, seguirá para a residência oficial do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, no Palacete de São Bento.

RODRIGO PETRY, Agência Estado

09 Junho 2013 | 12h09

A expectativa do empresariado português é de que a visita renda maior aproximação econômica. O presidente da Câmara de Comércio Luso-Brasileira, António Bustorff, diz que há oportunidades de parceria para as empresas brasileiras e portuguesas, que deveriam aproveitar as plataformas recíprocas, para a distribuição de produtos na América Latina e no Sul da Europa.

Apesar do potencial de negócios, "os portugueses sentem-se um pouco abandonados pelos brasileiros", afirma Bustorff, ao reforçar que o encontro oficial dos dois governantes deveria ter ocorrido em setembro do ano passado, em reunião de cúpula. "Esta viagem compensa a falha da cimeira não realizada no ano passado", diz Bustorff.

A Agência Brasil informou, citando órgãos da imprensa portuguesa, que estará em pauta a participação do Brasil no programa de privatização de companhias estatais portuguesas, em setores como água, correios, portos e aviação.

A Câmara de Comércio Luso-Brasileira apoia a compra da companhia aérea TAP por uma empresa sul-americana por causa das rotas entre Portugal e o Atlântico Sul. Isto porque, atualmente, Lisboa é a principal porta de entrada de brasileiros na Europa.

Também poderá ser tratada a suspensão do edital para a ida de estudantes brasileiros a Portugal pelo Programa Ciência sem Fronteiras e a permissão de trabalho para médicos e engenheiros portugueses no Brasil, afirma a Agência Brasil.

Está prevista ainda para amanhã a participação da presidente Dilma na cerimônia de entrega do Prêmio Camões de Literatura ao escritor moçambicano Mia Couto e jantar no Palácio Nacional de Queluz, antes de embarcar de volta ao Brasil.

Dilma deixou Brasília ontem (08) à noite, após transmitir o cargo ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), uma vez que o vice-presidente Michel Temer também está em viagem internacional desde quarta-feira (5). Temer segue hoje de Farnborough, na Inglaterra, para Paris.

Mais conteúdo sobre:
Dilma RousseffPortugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.