Reprodução
Reprodução

Dilma descumpre lei de trânsito e se desculpa

Flagrada em uma avenida de Porto Alegre, na tarde desta sexta-feira, cometendo uma infração de trânsito, a presidente Dilma Rousseff pediu desculpas ao País, pouco depois, em várias mensagens em sua conta no Twitter. A presidente deixou seu apartamento, no final da tarde, passou na casa de sua filha Paula e, de lá, seguiu para a residência de seu ex-marido Carlos Araújo. A certa altura, baixou o vidro do banco traseiro do carro oficial - e nesse exato momento foi flagrada pelo fotógrafo Ricardo Duarte, da RBS, com seu neto Gabriel no colo - o que não é permitido pelas regras de trânsito.

21 Dezembro 2013 | 01h07

"Estive hoje na casa da minha filha e, de lá, levei meu neto à casa do avô, que fica no mesmo bairro", esclareceu a presidente em sua primeira mensagem pelo Twitter. Pouco depois, acrescentou: "Meu neto foi abraçado comigo no banco de trás. Foi um erro"

Na terceira mensagem, explicou a falha: "A legislação de trânsito é clara: criança tem que andar na cadeirinha. Peço desculpas pelo erro."

Mais conteúdo sobre:
Dima infração twitter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.